Ricardo Artur Pereira Carvalho

ricarturÉ doutor em Design pela PUC-Rio. Ricardo assume como fundamento para suas pesquisas os Estudos Culturais. A ocupação dos espaços de ensino aprendizagem, os gêneros discursivos neles adotados, dando origem a formas de representação/objetos de Design plurais estão no centro de suas indagações. Interessa-lhe a observação das práticas sociais cotidianas, das interações possíveis, pela sua concordância com o pensamento de Clifford Geertz (2008 p. 4) de que as pessoas estão amarradas a teias de significados que elas próprias teceram. Com isso, evidencia a ação da cultura sobre os indivíduos e dos indivíduos sobre a cultura, circunscrevendo o Design como uma das muitas possibilidades de ação sobre a cultura.

Ricardo entende o Design pelo viés da interdisciplinaridade, pela sua ação junto a campos de conhecimento distintos. Interessa-lhe o desenvolvimento de produtos de Design que partam de um entendimento de cultura ainda na perspectiva de Roberto da Matta como “um código através do qual as pessoas de um dado grupo pensam, classificam, estudam e modificam o mundo e a si mesmas”. É nessa perspectiva que ele compartilha com o grupo o texto do antropólogo Você tem cultura?.

Também atua como coordenador assistente e professor das graduações em Design Digital e Publicidade do Instituto INFNET e como professor da graduações em Design e Artes Cênicas da PUC-Rio.

GEERTZ, C. A interpretação das culturas. 1a ed. 13a reimpressão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2008 [tradução de “The Interpretation of cultures”, Basic Books: 1973]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *